Alteração ao Novo Organograma

Na reunião de Executivo Municipal de 1 de setembro, os Vereadores do Partido Socialista, João Diogo Carlos e Rita Canário votaram contra uma alteração ao Novo Organograma que tinha sido apresentado e aprovado em junho passado, pela maioria PSD.


Por lapso, o Regulamento sob a epígrafe "Gabinete Técnico Florestal", deveria ter contemplado o Serviço de Ambiente, assim como a descrição do próprio serviço, o que não aconteceu na primeira versão apresentada e votada.


Os Vereadores do PS apresentaram a seguinte declaração de voto:


«A proposta que hoje nos é apresentada, vem dar razão aos Vereadores do Partido Socialista e aos eleitos da bancada municipal do Partido Socialista na Assembleia Municipal no seu voto contra no momento da apresentação e discussão deste regulamento a 3 meses das eleições.


A pressa deu o resultado que estamos a ver, 2 meses depois da aprovação e a 26 dias das eleições estamos a votar uma alteração ao regulamento, que por lapso não constava no documento inicial. O mesmo poderia não se ter verificado se o documento tivesse sido feito com a discussão prévia que um documento desta natureza merece, e não feito à pressa e em final de mandato.


Os Vereadores do PS mantêm o seu voto contra, pelos motivos anteriormente já enunciados: em 10 anos nunca foi prioridade fazer esta alteração, continuamos a não entender a pressa da mesma, e o condicionamento de expectativas que vai fazer aos funcionários municipais, condicionando também o próximo executivo municipal.»




85 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo