Casa da Rua da Fonte e especulação imobiliária local

O Arquiteto Municipal Nuno Santana, responsável pelo auto de vistoria e posteriormente também proprietário da casa da Rua da Fonte que ruiu no início de fevereiro, colocou dois meses antes da derrocada a casa à venda por 35000 euros no Imovirtual. Segundo o presidente disse de cabeça, o preço à altura conversado com a Câmara rondava os 5000 euros. Nas palavras do Sr. Presidente "deixámos o mercado funcionar".


Leia a intervenção do vereador Tiago Malato sobre o assunto no Período Antes da Ordem do Dia.

«Na assembleia municipal passada, onde todos nós tivemos assento, assistimos ao ato do senhor presidente ainda que de forma pretensamente velada, acusar o Eleito da CDU como especulador imobiliário.


Quero aqui lembrar que foi o senhor Presidente que afirmou, na reunião de Câmara passada, que e passo a citar "no caso desta habitação da rua da fonte (aquela que ruiu e é propriedade do Arquiteto Santana) deixámos o mercado funcionar".


E o que tem a ver isto com especulação? Embora ainda não saiba o valor da venda da dita casa sei, porque me foi enviado anúncio, por parte de uma munícipe atenta, que a ruína em causa, prestes a derrocar, (o que aconteceu em Fevereiro) tem anúncio de venda no Imovirtual, colocado em Dezembro, pelo valor de 35000 euros! Acabo como comecei, com as suas palavras: “no caso desta habitação da Rua da Fonte a Câmara deixou o mercado funcionar”. Acrescento que deixou o interesse do arquiteto da Câmara, que virou proprietário, funcionar. Deixou que um procedimento definido em 2005 se arrastasse por mais de 15 anos, até à derrocada previamente anunciada. Imagine-se agora, que o Arquiteto Municipal tinha vendido a casa pelos 35000 euros. No momento a seguir agora como arquiteto municipal ia exigir que o comprador demolisse a casa? Apresenta-se projeto? E se depois de comprar a casa o eventual comprador, passado uns dias assistisse à derrocada da mesma? Isto, à falta de melhor palavra é Surreal! A Câmara e os seus funcionários têm de dar o exemplo ! E se se é tão acutilante acusando falsamente de especulação terceiros, comece por regrar a casa e a sua influência sobre estes assuntos, a bem do interesse comum!


Deixo o link registado em ata

https://www.imovirtual.com/pt/anuncio/vende-se-predio-urbano-em-castelo-de-vide-ID14TMm.html


Torno a perguntar em que estado está o Processo Disciplinar ao Funcionário Municipal, arquiteto Nuno Santana? O que está a ser feito e por quem?


Quero registar que o presidente referiu do valor de 5 mil euros na intenção de venda pela família à câmara e que posteriormente a família referiu que havia, entretanto, mais gente interessada, pelo que venderia a terceiros (ou seja ao arquiteto municipal).»



139 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo