Proposta do PS aprovada por unanimidade

Atualizado: Fev 21

Foi aprovada na última reunião do Executivo Municipal a proposta enviada pelo Partido Socialista de Castelo de Vide, Juventude Socialista de Castelo de Vide e pelos eleitos locais na Câmara Municipal e Assembleia Municipal do PS, para a testagem em massa da população ao COVID-19.


Conheça aqui a Declaração de Votos dos Vereadores Tiago Malato e João Diogo Carlos:


"Os vereadores do PS querem manifestar a importância desta aprovação. Esta medida, proposta pelo PS de Castelo de Vide, é anterior ao esclarecimento Publico por parte da DGS , sobre o alargamento da testagem, que veio a confirmar a importância desta pretensão. Esta será a única forma de esclarecer e metodicamente controlar o vírus na comunidade, isolando os casos detetáveis.


Queremos aqui também referir que, infelizmente Castelo de Vide tem estado desde o início do ano numa situação extrema. Ocupando o topo da tabela de incidência cumulativa de casos COVID. De referir que o impacto sobre a mortalidade foi brutal. No mês de Janeiro tivemos todos os dias com a mortalidade acima do esperado. Tendo no primeiro mês igualado em número de dias, todo o ano anterior, no qual 12 destes dias foram acontecidos em Dezembro.


Somos o segundo concelho do País (continente e ilhas) na taxa de Mortalidade, medida no total dos 46 dias decorridos, entre 1 de Janeiro e 15 de Fevereiro deste ano , só ultrapassados pela Pampilhosa da Serra! Temos liderado em Taxa de Mortalidade todos os concelhos do Alentejo!


Ora se ocupamos a Posição 60 entre 308 concelhos, no que respeita à % de população com 75 e mais anos e se não somos nem de longe, o concelho do país com maior proporção de idosos em Lar, a única maneira de explicar esta desgraça que sobre nós abateu, deve-se ao facto do vírus ter andado a circular impune e assintomaticamente nas ruas do concelho. Como consequência, numa comunidade de relações familiares estreitas, aumentou-se a probabilidade de contágio a todos os Lares de terceira idade.


Mais do que aclarar a razão desse livre trânsito viral entre nós, será muito importante todos sem exceção darmos o exemplo. Evitarmos encontros e almoçaradas. Levar isto o mais a sério possível. Se não o fizemos antes que o façamos agora, mais que nunca. Sob pena de estarmos a ser inconscientes e a causar dano aos nossos conterrâneos."





187 visualizações0 comentário