Grandes Opções do Plano 2018/2021


Sobre as Grandes Opções do Plano para o período entre 2018 e 2021, disse Filipe Luz na sessão de 22 de dezembro de 2017 da Assembleia Municipal de Castelo de Vide:

(o documento) Não nos permite perceber quais são as grandes opções para Castelo de Vide nem tem vertido no Orçamento aquilo que é habilmente sugerido na parte introdutória. Quais são afinal as propostas para a valorização da vida das pessoas? Onde está inscrito, por exemplo, o Investimento na valorização da Albufeira de Póvoa e Meadas? Qual é o valor? Para que funções em específico? Onde é que está vertido no orçamento o excerto do capítulo introdutória “na tentativa de resolução das necessidades da população e na concretização das suas aspirações.”? Quais são afinal estes projetos? Estão pensados de forma concreta? Estão as suas ações incluídas neste documento? Será que estão como estavam e continuam a estar as Hortas Comunitárias? Lançadas em papel mas sem qualquer desenvolvimento? Ou como estava o Cartão do Idoso? Que nunca aconteceu e … desapareceu sem qualquer explicação. Ou será que estão como estavam os Passes Escolares em 2015, que só este ano foram realidade? Será que estão como estava o Balcão Único? E passo a citar o Sr. Presidente da Câmara em 2013 “A partir de 2014 terá um efeito determinante na relação das empresa, cidadãos, e instituições da Autarquia” e em 2014 “comprometemo-nos a implementar durante o ano 2015 o balcão único que reunirá num único espaço juntamente com os serviços on-line todo o atendimento que é feito no município de Castelo de Vide”? Será que estão como estava a Zona Industrial para 2015? Cito novamente o Sr. Presidente da Câmara “Este projeto – vezes de mais adiado – vai finalmente ser uma realidade e estamos em condições de assumir um compromisso a 365 dias para cumprir este anseio de muitos Castelo-videnses.

#FilipeLuz #AssembleiaMunicipal #GOP20182021 #GrandesOpçõesdoPlano

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo